Sem Parar: como funciona? Vale a pena?

Como funciona o sem parar? O Sem Parar nada mais é que um serviço de conveniência. Ao invés de você ficar parado nos pedágios e estacionamentos, o sem parar possui um aparelho que envia um sinal para as cancelas e as abre de forma automática, evitando que você perca tempo nas filas. Esse serviço é uma assinatura, que varia de acordo com a região onde você costuma circular. Por exemplo, o plano clássico disponível atualmente para o estado de São Paulo, que engloba pedágios, shoppings e estacionamentos tem uma taxa de adesão é de R$92,03 e a mensalidade varia entre R$ 16,41 e R$ 18,31.

Conteúdo desse artigo

Como funciona o sem parar?

O Sem Parar nada mais é que um serviço de conveniência. Ao invés de você ficar parado nos pedágios e estacionamentos, o sem parar possui um aparelho que envia um sinal para as cancelas e as abre de forma automática, evitando que você perca tempo nas filas.

Esse serviço é uma assinatura, que varia de acordo com a região onde você costuma circular. Por exemplo, o plano clássico disponível atualmente para o estado de São Paulo, que engloba pedágios, shoppings e estacionamentos tem uma taxa de adesão é de R$92,03 e a mensalidade varia entre R$ 16,41 e R$ 18,31. Para mais planos, confira os planos sem parar direto no site.

Vale a pena instalar?

Então, vale lembrar que os planos sem parar ”não saem de graça”, pois além de fazer o pagamento dos estacionamentos e pedágios, você ainda precisará pagar as taxas de serviço do Sem Parar.

A vantagem aqui vai depender da sua frequência de uso do serviço.

Por exemplo: se você costuma usar o carro apenas para alguns passeios ocasionais, talvez o uso do sem parar não seja tão vantajoso para você. Agora, se você costuma usar o carro sempre, em estacionamentos diferentes ou viajando, esse serviço certamente vai te ajudar a economizar bastante tempo. ;)


Compartilhe

comments powered by Disqus